Domingo, 21 de Setembro de 2008
Palavras Bonitas de Silva Alvarenga

Madrigal XXXIV

 

 

Ditoso e brando vento, por piedade
Entrega à linda Glaura os meus suspiros;
E voltado os teus giros,
Vem depois consolar minha saudade.
Não queiras imitar a crueldade
Do injusto amor, da triste desventura,
Que empenhada procura o meu tormento.
Ditoso e brando vento,
Voa destes retiros,
E entrega à linda Glaura os meus suspiros.

 

 


Silva Alvarenga

 

Palavras Bonitas confortam a alma

publicado por Odracir às 08:30
link do post | comentar | favorito
|
Pesquisa personalizada
.links